Número total de visualizações de página

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Mishima

 Mishima

Foi mestre na arte da espada
Superior na arte da escrita
A um samurai não resta nada
Excepto a honra que ainda exista

Fiel ao dever até ao fim
Sem temor a morte fita
E quando a hora chega
Inexorável, a espada pronta

Seppuku, o ritual final
Japão, nestes tempos não tiveste igual
A Mishima, herói
Da terra do sol nascente

N.Afonso, 30.01.2012



segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

'Aquecimento global' na Rússia

Temperaturas de hoje. De notar as temperaturas 'quentinhas' nas regiões sentrionais e orientais da Rússia, chegando aos -44º no nordeste da Sibéria. Fonte: http://antonuriarte.blogspot.com/

Relembrar Pedro Varela

Relembrar Pedro Varela, proprietário da Librería Europa de Barcelona, perseguido há muitos anos pelas autoridades judiciárias em Espanha e preso há 13 meses pelo 'crime' de vender livros e organizar conferências onde defende a livre investigação histórica e o debate de temas tabu como o Holocausto.

Vítor González- Arte Céltica


domingo, 29 de janeiro de 2012

' Neofolk, o som da Identidade '

Interessante artigo em castelhano sobre o Neofolk e seus sub-géneros, promovendo as raízes da nossa identidade europeia. Aqui: http://rewildingiberia.blogspot.com/2012/01/neofolk-el-sonido-de-la-identidad.html

Aurora da Revolução


Aurora da Revolução

Porta-voz de mensagens esquecidas
Bardo de versos de outrora
Mensageiro de sabedorias idas
Navegante de águas sem hora

Ergue-te da noite dos tempos
Em páginas de mudas vitórias
Fala aos ouvidos despertos
E acorda os que dormem sem memórias

Na luz do dia, finda esta agonia,
Caminha e vai, já é tempo,
Por entre as gentes sem demora
Celebrar o nascer de um novo dia
Revolução! O amanhã começa agora.

N.Afonso, 29.01.2012





Our long way home

Our long way home


Would you wear a mask
For reasons unknown
And would you become the past
Of the people below?

If i tell you a secret
Of the things unseen
Could you keep silent
Until the truth comes clean?

Our long way home
Begins where we are
Our journey foretold
Through vast deserts so far

These mountains and valleys
So hard to climb and go down
Will we be finished
When wisdom is found?

N.Afonso, 25.11.2011

sábado, 28 de janeiro de 2012

A Democracia segundo Guénon

'Se definirmos a “democracia” como o auto-governo do povo, evocamos imediatamente uma impossibilidade, qualquer coisa que jamais poderá ter uma existência de facto, nem hoje, nem em qualquer outra época.
Não há necessidade de nos deixarmos abusar pelas palavras: é contraditório admitir que os mesmos homens possam ser, num dado momento, governantes e governados porque, para usar a linguagem aristotélica, um mesmo ente não pode estar, simultaneamente e na mesma relação, “em acto” e “em potência”.
Isto é uma relação que supõe necessariamente dois termos: não pode haver governados onde não haveria governantes; mesmo se estes são ilegítimos e não têm outros direitos ao poder, para além dos que a si próprios se atribuíram.
Ora, a grande habilidade dos dirigentes do mundo moderno consiste em fazer acreditar ao povo que ele se governa a si próprio. E o povo deixa-se persuadir tanto mais de bom grado quanto se sente lisonjeado e, por outro lado, sendo incapaz da reflexão necessária para perceber que a coisa é impossível.'
  
René Guénon, Hierarquia e Democracia, Hugin, 2001

Entra p'ro carro, Gladys


sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Dicionário de sionismo ilustrado

-Sionismo não é racismo;
-Ocupação militar não é violência;
-Demolição de casas não é limpeza étnica;
-Colonatos só para os Judeus não é 'apartheid';
-Genocídio de não Judeus não é um Holocausto

Compreender o século xx- 'O século de 1914'



Escrito por Dominique Venner, (director da 'Nouvelle Revue D'Histoire') é um interessante livro que abarca todo o século 20, desde o fim do Império Habsburgo, à primeira guerra mundial, da revolução russa ao aparecimento do Fascismo e do Nacional-Socialismo, da segunda grande guerra, até à guerra fria e daí até aos nossos dias e sem os habituais mitos da Esquerda a inquinar os factos históricos. Disponível na Civilização Editora.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Factos interessantes sobre a dívida dos Estados Unidos

Quando a Europa está a ser atacada diariamente e com sucessivos cortes no 'rating'  por parte das agências de notação por causa( dizem eles) das dívidas dos Estados Europeus, vejamos alguns dados sobre a dívida norte-americana de que quase ninguém fala:

-Durante o ano fiscal de 2011, o Governo dos E.UA. gastou 3.7 TRILIÕES de dólares e teve uma receita de 2.4 TRILIÕES ;
-Quando Ronald Reagan tomou posse, a dívida americana era inferior a 1 TRILIÃO de dólares.;
-Em 2011, a dívida americana ultrpassou os 100% do P.I.B. pela primeira vez na sua história.;
-O Governo americano gastou mais de 454 BILIÕES  de dólares só em juros da dívida em 2011.;
-Estima-se que a dívida dos Estados Unidos supere os 23 TRILIÕES de dólares em 2015.;
-O Governo dos E.U.A. é responsável por mais de um terço do total de todas as dívidas dos países mundiais.;
-Durante a Administração de Obama o Governo americano acumulou MAIS défice DO QUE DESDE QUE GEORGE WASHINGTON TOMOU POSSE ATÉ À ENTRADA DE BILL CLINTON NA PRESIDÊNCIA.;


Mais informações sobre a dívida americana aqui: http://theeconomiccollapseblog.com/archives/34-shocking-facts-about-u-s-debt-that-should-set-america-on-fire-with-anger

'Jobs'


De acordo


quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Sobre a figura do faraó no antigo Egipto



Menés, primeiro faraó







O CEPTRO E O TRONO

A primeira dinastia em Tinis nasceu
Foi Menés o seu fundador
Chamava-se a si mesmo Hórus
Rei do alto e baixo Egipto
Senhor das duas terras
Sumo sacerdote dos cultos divinos

Numa mão o ceptro
Na cabeça exibiu a coroa
Ele, o que se sentou no trono
Durante três mil anos governou 

Como falcão, foi Hórus vivo entre os homens
E Ré, deus solar, ao longo dos tempos
Poder supremo no país do Nilo
Vinte séculos passaram
Desde que os seus dias findaram

Muitas perguntas por responder
O enigma permanece
Em pirâmides labirínticas 
E em enormes túmulos 
Tem agora a sua morada

N.Afonso, 25.01.2012






Pinturas de Dragos Kalajic (1943-2005)









Erupções solares

Tempestade solar, 23.01.2012

Daqui http://spaceweather.com/

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

'Berlin'

'Quando arcos, pontes, erguidos,
forem da estepe engolidos
e o burgo areia escura
e as casas desabitadas
e as hordas e as armadas
pisem nossa sepultura

algo não se evita, não:
que estas pedras marcos são,
leões no deserto ardente,
podem muros desabar,
hão-de as ruínas falar
da grandeza do Ocidente.

Gottfried Benn 'Berlin', In '50 Poemas',
Relógio D'Água Editores, 1998

sábado, 21 de janeiro de 2012

Up in the green hill

Up in the green hill


She gave birth to a child
Far away in the green hill
Blue eyes and no hair, so real

She came down crying outloud
Reached my hand
I heard no sound

We fell asleep until sunrise
We're awake, no surprise
I touch the ground, looking West
Say no words, silence is best

The child is gone and left no trace
Her name was vanity, show no pity
Was dragged to abyss in her city

N.Afonso, 02.12.2011

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

'Última vontade'(Letzter wille)

'Morrer assim
como outrora o vi morrer-,
o amigo que lançou relâmpagos e olhares
divionos na minha escura juventude:
-malicioso e profundo,
um bailarino na batalha-,

entre guerreiros o mais jovial, entre vencedores o mais grave,
um destino sobrepujando o seu destino,
duro, pensativo, clarividente- :

estremecendo porque vencia,
exultando porque morrendo vencia- :

ordenando, ao morrer,
- e ordenou o aniquilamento...

Morrer assim
como outrora o vi morrer
vencendo, aniquilando...'

Niezsche 'Última vontade', em
'Ditirambos de Diónisos'.

Nietzsche 'Ditirambos de Diónisos'

Este pequeno livro do conhecido filósofo alemão Friedrich Nietzsche(editado pela primeira vez em 1895)  reúne 9 poemas escritos já na fase final da sua época criativa antes do colapso mental em Turim, em Janeiro de 1889 e está publicado em Portugal pela Guimarães Editores.

L.F.Céline

Borislav Prangov
L'Immortel Louis Ferdinand Céline,
oil on canvas, 55x46cm. 2011

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Povos da Ibéria, 300a.C.


Mapa alternativo dos Estados Unidos


Pirataria na Internet

A proposta de lei em discussão no Congresso norte-americano designada SOPA(Stop Online Piracy Act) está a causar grande polémica nos E.U.A. e em todo o mundo. Ora, a dita lei tem como finalidade bloquear o acesso a sítios da Internet que disponibilizem nas suas páginas material com direitos de autor de forma não autorizada e prevê até a emissão de mandados judiciais que visem o encerramento dos tais sítios asssociados à pirataria. A versão em inglês da Wikipedia protestou durante 24 horas, aparecendo a sua página a negro. Também outras páginas como o Google, Youtube, Yahoo e Twitter, Facebook e E-bay se mostraram contra.
 O que preocupa esses legisladores não é propriamente a pirataria mas o livre acesso das pessoas aos mais diversos contéudos disponibilizados na Internet e o acesso a informação incómoda, tentando assim cada vez mais uma vigilância global mesmo ao nível tecnológico, estando por isso muita gente sujeita a ver a suas contas do blog pessoal, Facebook, YouTube ou Twitter encerradas, e dando assim razão aos que há vários anos alertavam que isto poderia, mais tarde ou mais cedo, vir a acontecer.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Marco Aurélio disse

'Vive uma vida correcta. Se os deuses existem e são justos, então eles não quererão saber o quão devoto tu foste, mas acolher-te-ão pelas virtudes pelas quais viveste. Se os deuses existem mas são injustos, então não deves venerá-los. Se os deuses não existem então partirás mas terás vivido uma vida nobre que permanecerá nas memórias dos que te amaram.'
Marco Aurélio, Imperador Romano- 121-180 d.C.

Facebook, as duas versões


22 Milhões por dia


segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Jew-Jitsu


'Do not love too long'

'Sweetheart, do not love too long,
I loved long and long, 
And grew to be out of fashioned
Like an old song.

All troughout the years of our youth
Neither could have known
Their own thought
From the other's,
We were so much at one.

But O,in a minute she changed
O do not love too long,
Or you wiil grow out of fashion
Like an old song.'

William Buttler Yeats,1865-1939







domingo, 15 de janeiro de 2012

Where is Europe?

Europa MMXI

In these days of greed
No honour is allowed
Wake up, Europe, we're your sons
And we are getting drowned

Money and power are their gods
Illusion and lies their allies
Dark clouds in the skies
Are the signs of our times

We shall fight to the end
For Europe we will stand
Beware of their tricks
Pay attention to their lips

Corruption and false words
Are spreading death to our souls

N.Afonso, 09.12.2011




1

Preocupações


Lei da bomba


sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Livros- 'O Código do Samurai'


''Este código abarca todos os aspectos da vida, desde o trato com a família, ou como sobreviver às lutas políticas. O conceito do samurai em relação à honra e lealdade, a sua indiferença perante a dor, o seu desapego aos bens materiais, o controlo das emoções e o princípio essencial de que “o samurai deve, acima tudo, ter presente dia e noite o facto de que vai morrer”, configuram o perfil de um modelo de conduta excepcional.
Daidoji Yuzan (1639-1730) viveu numa época em que o Japão encerrou um ciclo da sua história particularmente marcado por extensos conflitos bélicos. As guerras seriam incessantes, mas, paradoxalmente, conduziram à progressiva unificação do paíse a um tempo de paz que começou por volta de 1600 e se estendeu até 1878. Foi neste período que surgiram os samurais, antigos guerreiros que se tornaram responsáveis pela manutençaõ da ordem prevalecente. Os samurais cultivavam o antigo código de honra e comportamento - o chamado "bushido", que significa "o caminho do guerreiro."- Um código guerreiro que constitui também um guia de vida.''
 Em suma, um pequeno livro que vale a pena ler. Editora: Coisas de ler





quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

The old oak by the river

The old oak by the river


That old oak by the river
Has seen the sunlight
For too many winters
When spring is coming

 I hear your voice
Calling from above
 I have no choice
A raven flies over me

And i stand still
A nightingale sings
But i feel so ill
Of your golden hair
 I have no trace

I stretch my arms
And i touch your face
As you came down
We heard a man
He had no fear when was shot dead

He had lost himself seeking goods
Early in the morning,
Bringing honey from the woods
He was brave but had no name
No fame is needed when in the grave

N.Afonso (8/12/2011)